SBB

terça-feira, 31 de dezembro de 2013

ARTIGO PARA REFLEXÃO

Pode o cristão jogar na loto, sena, loteria esportiva, estadual e federal?
      A Comissão de Teologia e Relações Eclesiais da Igreja Luterana do Brasil emitiu o seguinte parecer sobre este assunto:
      1 – A Bíblia não trata expressamente da questão de jogos e loterias. Por isso, para nos orientarmos diante do assunto, precisamos ter princípios que nos levam a conclusões favoráveis ou contrarias a participação do cristão em jogos e loterias;
      2 – O ato de participar de uma loteria não é pecado. O desejo de ganhar lucros de maneira legal não transgride nenhum mandamento da lei de Deus, desde que a maneira pela qual se obtém o lucro não fira os princípios do amor a Deus e ao próximo. O lucro fácil que pode advir de uma loteria também não se constitui, em si, algo condenável. Sendo assim, jogar ou não na loteria está dentro da liberdade cristã, sendo questão de foro íntimo;
     3 – Quando a liberdade cristã é chamada a agir, imediatamente se encontra sob a luz do conteúdo das passagens bíblicas de 1 Coríntios 6.12: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas me convêm” e 1 Coríntios 10.23: “Todas as coisas são lícitas, mas nem todas convêm; todas são lícitas, mas nem todas edificam.”;
      4 – Convém jogar na loteria? Levemos em consideração o seguinte: Aplicar dinheiro em loterias, onde as possibilidades de ganho são remotíssimas, enquadra-se dentro de uma administração responsável dos nossos bens? Nossos compromissos com a família, estado, igreja e o próximo poderão ser atendidos a contento, se empregarmos parte do nosso dinheiro em jogos de loteria? Os totais distribuídos pelos prêmios ( somas expressivas ) podem despertar a ganância dentro de nós. Decorre disso que o ato de jogar nasceria de um desejo ganancioso, o que transformaria o ato em algo condenado por Deus, que combate à ganância nos dois últimos mandamentos do decálogo. Há o perigo da escravidão ao jogo, quando o ganhar se torna uma obsessão, dominando completamente os pensamentos da pessoa. Nesse ponto, ela já perdeu a sua liberdade. A Bíblia não recomenda a procura de grandes riquezas e fortunas ( Mateus 6.19 ). O acúmulo delas pode ter efeitos negativos sobre quem as detém ( por exemplo, tornar-se um “deus” que destrona a Deus do coração da pessoa ). Essa possibilidade leva-nos a algo que poderá trazer resultados negativos para o nosso relacionamento com Deus.
     5 – Portanto, entre jogar ou não na loteria, a decisão depende muito mais de um critério de conveniência do que um sim ou não taxativo a priori. O cristão, conhecedor daquilo que passa no seu intimo, decidirá, na sua liberdade, sobre a conveniência ou não do ato. A sua consciência iluminada pela palavra de Deus, partirá para um posicionamento que lhe pareça responsável e correto diante do seu Deus.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

PROJETO MISSIONÁRIO

35 Devocionários Castelo Forte-2014 foram adquiridos pelo Departamento Feminino da IELB-Prudentópolis e distribuídos no dia 26/12/2013 nos quartos e para alguns funcionários do Hospital Santa Casa de Prudentópolis.

Os devocionários são deixados nas cômodas de cada leito do hospital para que os internados possam ter um momento de leitura e consolo na palavra de Deus.
A todas as servas que ofertaram para este projeto missionário, os sinceros agradecimentos.
Deus vos abençoe ricamente.


domingo, 29 de dezembro de 2013

MENSAGEM PARA DOMINGO

A bondade de Deus

     Deus é bom! Muitas vezes parece difícil de acreditar. Muitos já falaram: “Se Deus é bom, por que ele permite que coisas más aconteçam?” Será que realmente Deus é a fonte das coisas más? 
     Claro que não! Infelizmente, coisas más acontecem, e a culpa é nossa. Por nossa natureza somos todos pecadores. O egoísmo faz parte de nós. Desde pequenos já demonstramos o nosso egoísmo.
     A nossa sociedade está cada vez mais individualista e materialista. A ganância e a maldade humana é que causam a violência, a fome e a guerra. Mas, como mudar? A verdadeira mudança começa no arrependimento. Pedir perdão é o primeiro passo para, em seguida, mudar.
     Olhe mais para o lado e tente ajudar as pessoas. Cristo é o grande exemplo. Ele nos serviu com a sua própria vida. O que ele ganhou com isso? Tortura, sofrimento e morte. Mas, ele sabia que isso era preciso para nos salvar. E ele fez isso por você. Para dar a você vida plena e eterna.
      Oração:
     Grandioso e amado Deus, olha pela minha vida e da minha família. Permita que vivamos em comunhão e amor. Que nada interfira no bom relacionamento familiar. Cuida, Senhor, dos meus familiares e ajuda-nos no que precisamos. Amém.(HL)

sábado, 28 de dezembro de 2013

O QUE ENSINAM OS LUTERANOS

O QUE DEUS ENSINA AOS EMPREGADOS E TRABALHADORES?
 
"Vós, servos, obedecei a vossos senhores segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo, não servindo à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; servindo de boa vontade, como ao Senhor, e não como a homens, certos de que cada um, se fizer alguma coisa boa, receberá isto outra vez do Senhor, quer seja servo, quer livre".
Efésios 6.5-8

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

FRASE DA SEMANA

"O MUNDO PERTENCE AO HOMEM QUE É SUFICIENTEMENTE SÁBIO PARA MUDAR SEU MODO DE PENSAR DIANTE DOS FATOS".
*********************
 
"... mas o que dá ouvidos à correção adquire entendimento".
Provérbios 15.32

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

VÍDEO DA SEMANA

NATAL - NOITE DE PAZ, NOITE DE AMOR!

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

MENSAGEM DE NATAL

Não tenham medo!

     “Mas o anjo disse: – Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês!” (Lc 2.10).
     O texto do evangelho de Lucas, capítulo 2, versículo 10, diz assim: “Mas o anjo disse: – Não tenham medo! Estou aqui a fim de trazer uma boa notícia para vocês!”  Não é à toa que o anjo precisou tranquilizar aqueles pastores, ao anunciar-lhes o nascimento de Jesus. O silêncio daquela noite foi quebrado pela aparição do anjo! Qualquer um ficaria assustado diante duma situação dessas.
     Nas vezes em que Deus se manifestou a certas pessoas nos tempos bíblicos, foi necessário tranquilizá-las. O encontro da majestade santa de Deus com o homem pecador gera susto e medo. A consciência nos acusa e tememos punição. Isso acontece também quando nos defrontamos com certos textos da Bíblia. E é bom que seja assim. Pois a nós, pecadores assustados, Deus tem uma boa notícia: Não tenham medo! Eu mandei um Salvador para pagar por seus pecados. O nome dele é Jesus!
     Essa é a mensagem que ecoa desde aquele primeiro Natal! Essa notícia é motivo de grande alegria para todo o povo! Em Jesus temos paz com Deus! Ele veio para nos reconciliar com o Pai! O pecado, que nos causa susto e medo, foi removido na cruz. E com sua ressurreição, Jesus provou ser mais forte que a própria morte, garantindo vida para todo o que nele crê.
     Natal é o início da jornada do Filho de Deus pela Terra. Depois de cumprida sua missão, Jesus voltou para junto do Pai para nos preparar lugar na sua casa. Para um mundo que não teve lugar para alojar o recém-nascido Filho de Deus, Jesus oferece a sua própria casa no céu como um lugar de moradia permanente para seus amigos. FELIZ NATAL PARA TODOS!
     Oremos: Agradecemos-te, Jesus querido, porque vieste tirar o medo que nos aflige, e nos garantes paz com Deus. Glória a Deus nas maiores alturas do céu, e paz na terra para as pessoas a quem ele quer bem! Amém.

IMAGEM DA SEMANA

É NATAL! NATAL DE PAZ E AMOR! NASCEU NA ESTREBARIA, DE BELÉM, O SALVADOR!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

ARTIGO PARA REFLEXÃO

Um comerciante cristão pode, de sã consciência, vender em seu estabelecimento comercial objetos que promovam a macumba, a feitiçaria, a superstição e a idolatria, tais como velas coloridas, charutos, fitas, etc.?

     Velas são úteis no lar para emergências causadas pela falta de energia elétrica. Velas coloridas podem ser usadas como ornamentos na casa. Charutos – embora chamemos seriamente a atenção para os perigos e malefícios do fumo – são meros cigarros, confeccionados de forma especial. E fitas são usadas, entre outras formas, como enfeite de cabelos. Nisso, pois não há objeção quanto à comercialização por parte de cristãos.
     O comerciante não pode ser culpado pelo eventual uso impróprio que os compradores fizerem desses objetos acima descritos. Se assim fosse, o comerciante não poderia vender facas, tesouras, formicidas e uma enorme gama de remédios, que são usados deforma indevida, prejudicial à saúde, quando não para a consumação de crimes.
     Por outro lado, porém, a venda de objetos que tenham a finalidade específica de promover a macumba, a feitiçaria ou a superstição e a idolatria, não devem ser vendidos por cristãos. Da mesma forma, velas, charutos e fitas caracterizadas como objetos de culto pagão, por seu formato, ou por terem impressos emblemas, ou palavras distintivas de cultos estranhos, não deveriam ser comercializados e nem usados como fonte de lucro por cristãos. Tais objetos não promovem a vida nem a sociedade, mas fomentam cultos contrários à palavra de Deus e ao culto que nós queremos seja prestado por todos àqueles que nos salvou, Jesus Cristo. Não se constitui um testemunho cristão a comercialização de objetos cuja destinação especifica e flagrante seja a promoção do culto pagão.(HL)

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

CONSTRUÇÃO DO PAVILHÃO SOCIAL

 
Foi dada a largada. Primeiro buraco para lançar a fundação da construção do pavilhão social da Igreja Luterana de Prudentópolis.

A máquina sendo preparada para fazer o terceiro buraco.

Terceiro buraco sendo iniciado.

Em poucos minutos e.... mais um buraco pronto.
 
Alô membros! a obra é grande! foi aprovada em Assembleia e é compromisso de cada um de nós. Este ano precisamos colocar a mão mais no fundo do bolso para tentar pelo menos pagar a fundação, a laje, o telhado e construir as paredes.
Deus nos abençoará como sempre tem abençoado, e chegaremos lá.


domingo, 22 de dezembro de 2013

MENSAGEM PARA DOMINGO

Qual é sua prioridade?

     “Ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus, e Deus lhes dará todas essas coisas” (Lc 12.31).
     Estamos na época do ano chamada Advento. É um tempo de espera, de reflexão, de preparação para o Natal. O Natal é a chegada do Filho de Deus ao mundo como Salvador de todos os homens. O Natal lembra a próxima volta de Jesus, não mais como Salvador, mas como Juiz dos vivos e dos mortos, no dia do Juízo Final.
     Por isso, este é um tempo especial de reavaliação da nossa vida em relação a Deus e a estes dois significados do Natal: A vinda de Cristo como Salvador e a sua volta como Juiz, perante o qual todos devem comparecer para a prestação de contas.
     É diante desta realidade que você e eu devemos nos perguntar: Qual é a minha prioridade? Qual é o meu principal objetivo e minha preocupação primordial? Estou preocupado comigo e com a minha família, em relação às coisas materiais, como alimentação, moradia, emprego e segurança? Qual é o lugar que Deus ocupa em minha vida? Preciso responder a estas perguntas a partir da Palavra de Deus que diz: “Ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus, e Deus lhes dará todas essas coisas” (Lc 12.31).
     Deus estabelece uma prioridade em minha vida, que é buscar em primeiro lugar não as coisas materiais, mas sim, o seu Reino, isto é, tudo o que diz respeito à nossa salvação pela fé em Cristo Jesus. Pois só em Jesus há perdão dos pecados, salvação e vida eterna.
     As coisas materiais são apenas para esta vida, até a nossa morte. Ali elas acabam para sempre. Mas o Reino de Deus tem consequências em nossa vida por toda a eternidade. Por isso busque hoje mesmo o Reino de Deus, a sua Palavra e o perdão para os seus pecados! Faça dele a sua prioridade de vida para que, amanhã, quando esta vida acabar, você possa viver para sempre lá no céu.
     Oremos: Senhor Deus, quero colocar a ti como prioridade em minha vida. Ajuda-me a lembrar disto todos os dias. Obrigado por tudo o que me dás, mesmo sem eu merecer. Por Jesus. Amém.
Pastor Nilo Wachholz

sábado, 21 de dezembro de 2013

O QUE ENSINAM OS LUTERANOS

O QUE DEUS PEDE AOS FILHOS?
 
"Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra".
Efésios 6.1-3

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

FRASE DA SEMANA

"UMA BOA REPUTAÇÃO É MAIS VALIOSA DE QUE DINHEIRO".
*****************
 
"Mais digno de ser escolhido é o bom nome do que as muitas riquezas...".
Provérbios 22.1

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

IMAGEM DA SEMANA

JESUS NASCEU! O SALVADOR PROMETIDO VEIO AO MUNDO PARA NOS SALVAR. FELIZ NATAL!
 

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

REFLEXÃO

Por que na Igreja Luterana não acontecem os fenômenos que se vêem em outras igrejas, onde é comum haver o dom das curas e de falar em línguas?

     O dom das línguas estranhas, bem como de curar e outros mais citados na Bíblia como dons conferidos pelo Espírito Santo, existem, e a Igreja Luterana os afirma. É certo que os pastores da Igreja Luterana não demonstram ostensivamente dons de curar e de falar em línguas estranhas, porque na Igreja Luterana não se dá ênfase a esses dons. Tradicionalmente a Igreja Luterana enfatiza o dom da profecia, que é o dom de pregar dentro do espírito de Igreja como corpo de Cristo, como é descrito em Romanos 12.3-8, Coríntios 12 e 13 e, particularmente, em 1 Coríntios 14.18 e 19, onde o apóstolo Paulo diz: “Dou graças a Deus, porque falo outras línguas mais do que todos vós. Contudo, prefiro falar na igreja cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outras línguas.”
     Não negamos os dons de curar e de línguas estranhas. Respeitamos as igrejas sérias onde isto é cultivado com respeito e ordem. Negamos e condenamos o abuso flagrante que se faz em nome dessa verdade, enganando e tirando proveito próprio.
     Precisamos ficar alerta para a enganação que, nessa área, impera nos meios de comunicação e em “arenas” dos milagres, coisas para as quais não há qualquer aprovação ou promessa de Deus. Refugiemo-nos na oração, coloquemos todos os nossos problemas de saúde, e os de nossos familiares, de irmãos na fé e de amigos diante de Deus. Deus, segundo a sua vontade soberana e não segundo o suposto poder da oração, proverá livramento.(HL)

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

FELIZ NATAL

 
FELIZ NATAL!

INICIANDO A SEMANA COM REFLEXÃO

A generosidade de Deus

     Errar é humano, perdoar é divino. Este ditado popular resume bem a generosidade de Deus. Como é fácil cometer erros e como é difícil perdoar. Quando erramos sempre esperamos que os outros nos perdoem, mas quando pisam em nosso calo, como é difícil perdoar. Por isso é importante que reconheçamos a generosidade de Deus. Mais do que isso, agradeçamos a ele por tanta paciência e generosidade. Mas, de onde vem tanta generosidade? Vem do grande amor que Deus tem por você. Ele realmente é seu pai e está sempre de braços abertos para perdoar você. Não pense que Deus é como nós. Ele é bem diferente. Ele é, acima de tudo, generoso. Ele generosamente nos estende a mão nos momentos difíceis. Ele generosamente entregou Jesus para morrer na cruz por você. E ainda nos convida: Venham a mim e eu vos aliviarei. Que generoso e amoroso Deus nós temos. Como é bom saber disso!
Oração:
Pai Celeste, agradeço por derramares sobre a minha vida muitas bênçãos. Ajuda-me nas minhas necessidades materiais. Se for da tua vontade, ajuda-me a superá-las, mas acima de tudo eu peço que me ajudes a fortalecer a minha convicção de que em todos os momentos o Senhor está comigo e me abençoa sempre. Em nome de Cristo. Amém. (HL)

domingo, 15 de dezembro de 2013

MENSAGEM PARA DOMINGO

Quem é ele?

     “Quando Jesus entrou em Jerusalém, toda a cidade ficou agitada, e o povo perguntava: – Quem é ele?” (Mt 21.10).
     “Quem é ele?” O evangelho de Mateus, capítulo 21, versículo 10 nos revela que era isso que o povo de Jerusalém perguntava quando uma multidão saudava a entrada de Jesus na cidade. Era uma cena de impacto. Houve ramos, vestes, e cantos vindos do povo.
     Quem é ele? Era Jesus. O texto o define como alguém humilde. O texto original o apresenta como meigo. Ele não falou durante a sua entrada na cidade. Ele ocupou o lugar mais humilde quando nasceu, quando caminhou entre nós e quando morreu. Assim ele mesmo se expressou: “Sejam meus seguidores e aprendam comigo, porque sou bondoso e tenho um coração humilde” (Mt 11.29).
     Quem é ele? É Jesus, o nosso Salvador. Ele tem um presente para dar a todos as pessoas: a salvação eterna. O Advento nos mostra um Deus que age e que caminha ao encontro de pecadores. O Advento e o Natal nos mostram Deus se tornar “Emanuel”, que é Deus conosco.
     Quem é ele? Jesus, o Salvador. O nosso Salvador. Ele veio para salvar e resgatar os doentes por causa do pecado. Ele continua sendo meigo, manso e bondoso. Ele é Deus Forte, Pai da Eternidade e Príncipe da Paz. Você é um filho muito especial para ele.
     Jesus sempre faz questão de nos convidar: “Venham a mim todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso” (Mt 11.28). Nestes dias de correria que o Advento e o Natal nos trazem, é oportuno e benéfico voltar os olhos para aquele que entrou em Jerusalém humilde, que com seu poder venceu os inimigos e agora está ao lado de Deus, atuando em nosso favor: Jesus Cristo, o nosso Salvador. Confie nele e tenha um bendito e feliz Advento.
     Oremos: Bondoso Deus, vem habitar o meu coração. Quero confessar meu pecado e minha maldade a ti. Quero crer no Salvador como meu único e suficiente Deus. Vem Senhor Jesus. Amém.
Pastor Ilmo Riewe

sábado, 14 de dezembro de 2013

O QUE ENSINAM OS LUTERANOS

O QUE DEUS ENSINA E PEDE AOS PAIS?
 
"Vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira, mas criai-os na disciplina e na admoestação do Senhor". Efésios 6.4
 
"Pais, não irriteis os vossos filhos, para que não fiquem desanimados".
 Colossenses 3.21

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

FRASE DA SEMANA

" A MAIORIA DAS COISAS DIGNAS DE SEREM FEITAS ERAM CONSIDERADAS MUITO IMPOSSÍVEIS ATÉ SEREM REALIZADAS".
**************************
 
"...para Deus tudo é possível".
Mateus 19.26

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

IMAGEM DA SEMANA

NATAL: TEMPO DE MEDITARMOS NO GRANDE AMOR DE DEUS PELA HUMANIDADE PECADORA, ENVIANDO SEU FILHO JESUS AO MUNDO PARA NOS SALVAR.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

REFLEXÃO

Se não existem santos no mundo, como é que oramos no Credo que cremos na comunhão dos santos e que, em 1 Pedro 1.13-16, também se fala em santos?

     Nós devemos distinguir santificação de santidade, bem como diferenciar “santos” como cristãos perdoados, de “santos” como pessoa sem pecado. Vejamos primeiro a palavra “santo” no sentido de santificado. Santificado ou santificação é o processo que acontece mediante a pregação da palavra de Deus, pela qual uma pessoa pecadora se torna cristã, e uma pessoa cristã se torna mais forte na sua fé! Esse processo, porém, nunca atinge a perfeição neste mundo, porque a pessoa, por mais que cresça na fé, sempre continuará sendo pecadores. Ela será santificada, mas não atingirá a santidade neste mundo. Santificação é um processo que dura toda a vida neste mundo.
     As pessoas que vivem nesse processo de santificação são chamadas de “santos”, não no sentido de serem sem pecado, mas no sentido de estarem sendo santificadas ou serem perdoadas. E é nesse sentido que o apóstolo Pedro emprega a palavra santos no texto citado na pergunta. É também nesse sentido que a palavra é usada no Credo.
     Quem é perdoado de seus pecados não perde a sua condição de pecador e nem atinge, por isso, a santidade. O que acontece é que ele, por causa da fé em Cristo, é visto por Deus através da santidade de Cristo. Lutero diz que o cristão perdoado é, ao mesmo tempo, justo e pecador. É nesse sentido que a igreja cristã é “comunhão dos santos”.
     Vejamos agora, a palavra “santo” empregada no sentido de santidade, que é o estado de pureza absoluta, que é não ter e nem cometer qualquer pecado. Esse estado só se atinge na vida eterna. Nesta vida aqui no mundo, só Jesus foi santo, isto é, sem pecado. Da mesma forma, no céu, todos são sem pecado, ou santos: os anjos, os salvos e aqueles que ainda chegarão lá pela fé em Cristo. (HL)

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

INICIANDO A SEMANA COM REFLEXÃO

Os três conselhos 

Um casal de jovens recém-casados, muito pobre, vivia de favores num sítio do interior. Um dia o marido fez a seguinte proposta para a esposa:
- Querida, eu vou sair de casa, vou viajar para bem longe, arrumar um emprego e trabalhar até ter condições para voltar e dar-te uma vida mais digna e confortável. Não sei quanto tempo vou ficar longe, mas só te peço uma coisa: que você me espere e, enquanto eu estiver fora, seja fiel a mim, pois eu serei fiel a você.

Assim sendo, o jovem saiu. Andou muitos dias a pé, até que encontrou um fazendeiro que estava precisando de alguém para ajudá-lo. O jovem chegou, ofereceu-se para trabalhar e foi aceito. Pediu para fazer um pacto com o patrão, o que também foi aceito. O rapaz pediu o seguinte:
- Me deixe trabalhar pelo tempo que eu quiser e, quando eu achar que devo ir, o senhor me dispensa das minhas obrigações. Eu não quero receber o meu salário agora. Peço que o senhor o coloque na poupança até o dia em que eu for embora. No dia em que eu sair o senhor me dá o dinheiro e eu sigo o meu caminho.
Tudo combinado, o jovem trabalhou durante vinte anos, sem férias e sem descanso. Depois, chegou para o patrão e disse:
- Patrão, eu quero o meu dinheiro, pois estou voltando para a minha casa.
O patrão então lhe respondeu:
- Tudo bem, afinal, fizemos um pacto e vou cumpri-lo, só que antes quero lhe fazer uma proposta: eu lhe dou o seu dinheiro e você vai embora, ou então lhe dou três conselhos e não lhe dou o dinheiro e você vai embora. Se eu lhe der o dinheiro eu não lhe dou os conselhos, se eu lhe der os conselhos, eu não lhe dou o dinheiro. Vá para o seu quarto, pense e depois me dê a resposta.
Ele pensou durante dois dias, procurou o patrão e disse-lhe:
- Quero os três conselhos.
O patrão novamente frisou:
- Se eu lhe der os conselhos, não lhe dou o dinheiro.
E o empregado respondeu:
- Quero os conselhos.
O patrão então lhe falou:
- Conselho 1: "NUNCA TOME ATALHOS EM SUA VIDA. Caminhos mais curtos e desconhecidos podem custar a sua vida.
Conselho 2: NUNCA SEJA CURIOSO PARA AQUILO QUE É MAU, pois a curiosidade para o mal pode ser mortal.
-Conselho 3: NUNCA TOME DECISÕES EM MOMENTOS DE ÓDIO OU DE DOR, pois você pode se arrepender e ser tarde demais.
Após dar os conselhos, o patrão disse ao rapaz, que já não era tão jovem assim:
- Aqui você tem três pães: dois para comer durante a viagem e o terceiro é para comer com sua esposa quando chegar à sua casa.
O homem então seguiu seu caminho de volta, depois de vinte anos longe de casa e da esposa que tanto amava. Após o primeiro dia de viagem, encontrou um andarilho que o cumprimentou e lhe perguntou:
- Para onde você vai?
Ele respondeu:
- Vou para um lugar muito distante que fica a mais de dez dias de caminhada por essa estrada.
O andarilho disse-lhe então:
- Rapaz, este caminho é muito longo, eu conheço um atalho que é dez, você chega em poucos dias.
O rapaz, contente, começou a seguir pelo atalho, quando lembrou do primeiro conselho. Então, voltou e seguiu o caminho normal. Dias depois, soube que o atalho levava a uma emboscada.
Depois de alguns dias de viagem, cansado ao extremo, achou uma pensão à beira da estrada, onde pôde hospedar-se. De madrugada acordou assustado com um grito estarrecedor.
Levantou-se de um salto só e dirigiu-se à porta para ir até o local do grito. Quando estava abrindo a porta, lembrou-se do segundo conselho. Voltou, deitou- se e dormiu. Ao amanhecer, após tomar café, o dono da hospedagem perguntou-lhe se ele não havia ouvido um grito, e ele disse que sim.

E o hospedeiro:
- E você não ficou curioso?
Ele disse que não. No que o hospedeiro respondeu:
- Você é o primeiro hóspede a sair daqui com vida, pois meu filho tem crises de loucura, grita durante a noite e, quando o hóspede sai, mata-o e enterra-o no quintal.
Depois disso, o rapaz prosseguiu na sua longa jornada, ansioso por chegar à sua casa. Depois de muitos dias e noites de caminhada, já ao entardecer, viu entre as árvores a fumaça de sua casinha, andou e logo viu entre os arbustos a silhueta de sua esposa. Estava anoitecendo, mas ele pôde ver que ela não estava só. Andou mais um pouco e viu que ela estava sentada ao lado de um homem jovem a quem acariciava os cabelos. Quando viu a cena, seu coração se encheu de ódio e amargura e decidiu-se a correr de encontro aos dois e matá-los. Respirou fundo, apressou os passos, quando lembrou-se do terceiro conselho. Então parou, refletiu e decidiu dormir ali mesmo naquela noite, e no dia seguinte tomar uma decisão. Ao amanhecer, já com a cabeça fria, disse:
- Não vou matar minha esposa e nem o seu amante. Vou voltar para o meu patrão e pedir que ele me aceite de volta. Só que, antes, quero dizer à minha esposa que eu sempre lhe fui fiel.
Dirigiu-se à porta da casa e bateu. Quando a esposa abriu a porta, reconheceu-o imediatamente, atirou-se em seu pescoço e abraçou-o afetuosamente. Ele tentou afastá-la, mas não conseguiu. Então, com as lágrimas nos olhos, disse-lhe:
- Eu fui fiel a você e você me traiu...
Ela, espantada, respondeu:
- Como? Eu nunca lhe traí, esperei durante esses vinte anos.
Ele então lhe perguntou:
- E aquele homem que você estava acariciando ontem, ao entardecer?
Ela lhe respondeu:
- Aquele homem é nosso filho. Quando você foi embora, descobri que estava grávida. Hoje ele está com vinte anos.
Então o marido entrou, conheceu, abraçou o filho e contou-lhes toda a sua história, enquanto a esposa preparava o seu café. Sentaram-se para comer juntos o último pão. Ele então parte o pão e, ao abri-lo, encontra todo o seu dinheiro - o pagamento por seus vinte anos de dedicação! 

 ___________
"Não é bom proceder sem refletir, e peca quem é precipitado" (Provérbios 19:2)

domingo, 8 de dezembro de 2013

MENSAGEM PARA DOMINGO

Pensando em Deus

     Talvez, desde pequeno você tenha ouvido pessoas falando em Deus. Talvez “Deus” foi uma das primeiras palavras que você ouviu. 
     Mas, Deus faz parte da sua vida? Você, quando faz planos ou toma decisões, lembra de Deus? Normalmente as pessoas lembram de Deus em momentos de perigo e sofrimento. Talvez a Bíblia faça parte da sua biblioteca, mas você nunca teve tempo para ler. Ou até leu, mas achou complicado e não entendeu nada e logo a deixou de lado. Talvez você só saiba que a Bíblia é a Palavra de Deus.
     Que tal você aproveitar estes momentos para abrir a Bíblia e descobrir como ela pode ajudar você? É através da Bíblia que Deus, o nosso criador, quer falar diretamente ao nosso coração e mostrar o quanto ele ama você e se importa com a sua vida. É na Bíblia que ouvimos a promessa de Deus: “Se me chamarem no dia da aflição, eu os livrarei, e vocês me louvarão” (Sl 50.15).
     Deus quer ajudar você. Ele deu a vida de Jesus por você. Como sabemos disso? Deus nos contou através da Bíblia. Ele quer contar a você também. Dá-me, senhor, entendimento e vontade para ler e entender a tua Palavra. Amém.
Oração:
     Amado Pai Celeste, quero te pedir que continues abençoando o nosso país. Peço-te especialmente por aqueles que estão desempregados. Que todos os brasileiros possam ter um emprego digno e que, assim, possam sustentar suas famílias. Dá sabedoria as autoridades para que governem sempre visando o bem do povo. Em nome de Cristo, amém.

sábado, 7 de dezembro de 2013

O QUE ENSINAM OS LUTERANOS

O QUE DEUS ENSINA ÀS MULHERES (ESPOSAS)
"Vós, mulheres sede submissas a vossos próprios maridos, como ao Senhor, como fazia Sara, que obedeceu a Abraão, chamando-lhe senhor, da qual vós vos tornastes filhas, praticando o bem e não temendo perturbação alguma". Efésios 5.22 e 1 Pedro 3.6

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

FRASE DA SEMANA

"AS FALHAS REQUEREM MÉTODOS AGRADÁVEIS, OS SUCESSOS REQUEREM RESULTADOS AGRADÁVEIS".
**********************
 
"Na verdade, nenhuma correção parece no momento ser motivo de gozo, mas de tristeza. Contudo, depois produz um fruto pacífico de justiça nos que por ela tem sido exercitados".
Hebreus 12.11

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

NOITE CULTURAL

Fantástica apresentação do QUARTETO HERÓIS DA FÉ na Igreja Evangélica Luterana Santíssima Trindade de Prudentópolis ontem a noite.
Parabéns ao Quarteto, que Deus vos abençoe ricamente.
Quem compareceu deliciou-se com belas canções cristãs.
 
Muito boa a mensagem do pastor Egon Eidam, que acompanha o Quarteto.
Para onde você está olhando? É a pergunta que marcou. A resposta: "Olhar firmemente para o autor e consumador da nossa fé - Jesus Cristo".
Parabéns pastor Egon Eidam!
 

VÍDEO DA SEMANA

GRUPO VOICES - NATAL

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

É hoje a noite.
20 h.
Na Igreja Evangélica Luterana Santíssima Trindade de Prudentópolis a apresentação do QUARTETO "HERÓIS DA FÉ".
Venha prestigiar

IMAGEM DA SEMANA

 
ADVENTO: É ÉPOCA DE LEMBRARMOS DO NOSSO ENCONTRO COM O REI JESUS.

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

REFLEXÃO

Em 1 Coríntios 5.1-13, o apóstolo Paulo pede que a congregação de Corinto expulse de seu meio um pecador manifesto e impenitente e recomenda que ele seja entregue a Satanás para a destruição da carne, a fim de que o espírito seja salvo no dia de Senhor. Não será esta uma disciplina diferente da que é prescrita em Mateus 18.15-17?

     No texto em questão, o apóstolo Paulo está tratando do caso especifico de um homem que, na congregação de Corinto, se “atrevia a possuir a mulher do seu próprio pai”, ou seja, a sua madrasta. Tal imoralidade, também mencionada em Deuteronômio 22.30, não vinha sendo castigada pela congregação de Corinto. Isso é alvo da critica por parte do apóstolo Paulo, ao mesmo tempo em que ele sentencia que “o autor de tal infâmia seja, em nome do Senhor Jesus” e “com o poder de Jesus”, “entregue a Satanás para a destruição da carne, a fim de que o espírito seja salvo no dia do Senhor” ( versículos 3, 4 e 5 ).
     Veja-se bem: não obstante a infâmia cometida na congregação de Corinto e a drasticidade da medida sentenciada pelo apóstolo Paulo, não se perde de vista a salvação da alma do pecador, o que mostra ser esta moralidade igual à de Mateus 18. Mas, como entender as palavras “seja entregue a Satanás para destruição da carne”? A primeira idéia que se tem é que o corpo do pecador morra nas mãos de Satanás para que a sua alma seja salva. Mas não é isso, pois não pode haver salvação da alma, sem que o corpo também seja salvo. Ou, como seria na ressurreição? Sua alma estaria no céu, e o corpo no inferno? Não pode haver salvação para quem morre nas mãos do diabo.
     Por isso, não é a morte do corpo do pecador que está sendo desejado com essa expressão, mas de sua carne, da pecaminosidade que o domina. Paulo deseja que esse pecador seja retirado de sob o poder de Cristo para que exerça o seu poder sobre ele e o aflija no corpo, fazendo-o sentir, já nesta vida, um prelúdio do inferno, a fim de que isso o leve ao arrependimento e à vida. Vemos, assim, que esta não é uma disciplina diferente da de Mateus 18.
     A excepcionalidade do pecado referido no texto de 1 Coríntios levou o apóstolo Paulo à expressão de uma linguagem excepcional que não aparece novamente em nenhum outro texto bíblico. Mas o sentido da disciplina eclesiástica normalmente praticada é preservado por Paulo nesse texto: atingir a salvação do pecador. (HL)

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

MENSAGEM DE ADVENTO DA IELB

Advento - Comunicando a Vida sempre!

“Eu os guiarei e os levarei até as fontes de água” (Isaías 49.10 - NTLH/SBB)
     Nas encostas do Monte Hermão, na fronteira de Israel com o Líbano, estão as nascentes do Rio Jordão. Descendo a região montanhosa, essas preciosas águas vão distribuindo vida até formar o Mar da Galiléia (Também chamado de Mar de Tiberíades ou Lago de Genesaré), onde pessoas, animais e plantações desfrutam da vida que essas águas trazem consigo. Após o Mar da Galiléia, o Rio Jordão segue seu curso por mais 110 km, indo desaguar no Mar Morto, a quase 400 metros abaixo do nível do mar, onde não há nenhum sinal de vida.
 
     Esse fenômeno do Rio Jordão ilustra bem o que a IELB (Igreja Evangélica Luterana do Brasil) quer comunicar ao longo deste novo Ano Litúrgico que iniciamos nesta primeira semana do Advento: Assim como o Monte Hermão continuamente vai fornecendo as precisas águas que formam o Rio Jordão, que distribuem vida por onde passam, Deus, em sua infinita graça, em Cristo Jesus e pela ação do seu Santo Espírito,  continuamente, através dos meios da graça (Sua santa palavra e os santos sacramentos – Batismo e Santa Ceia) derrama a Vida eterna que Jesus conquistou com seu sacrifício na cruz do Calvário. 
 
     Diante dessa manifestação graciosa de Deus, a IELB poderá ter duas posturas: Ela poderá ser como o Mar da Galiléia que recebe as preciosas águas do Rio Jordão, usufrui da vida que elas trazem e depois as passa adiante para que outros também as recebam e usufruam da vida que elas carregam consigo; ou poderá ser como o Mar Morto que recebe aquelas preciosas águas, não usufrui da vida que elas trazem e, o que é pior, não permite que elas sigam a diante, tudo termina ali.
 
     Ciente disso, a IELB, neste novo ano, quer trabalhar a temática do seu planejamento IELB 2014: A Igreja Comunica a Vida, com o enfoque Comunicando Sempre – Jesus, a fonte da água viva!
 
     Com este lema a IELB quer reconhecer que a Vida é um dom de Deus, que vem do alto, assim com descem as águas do alto do Monte Hermão; que esta Vida nos é dada continuamente através dos meios que Deus instituiu para esta finalidade (Palavra e Sacramentos), pois Deus Espírito Santo age em nós através destes meios; que estes meios precisam ser usados mais e mais, pois trazem consigo a Vida que Jesus conquistou e que Deus pode e quer nos oferecer; que a Igreja pode e deve ser como o Mar da Galiléia que recebe a Vida, usufrui dela em sua plenitude e depois a passa adiante para que outros também e recebem e desfrutem dela eternamente.
 
     Portanto, 2104 será um ano em na IELB se falará muito de ação. Da ação de Deus que continuamente vem até nós e nos traz a Vida, e da ação da Igreja que usufrui desta Vida e continuamente a comunica ao mundo que está no abismo da morte. Falaremos enfaticamente sobre o Espírito Santo, sobre sua ação através dos meios da graça, sobre os dons que Ele concede aos cristãos para serem instrumentos que levem esta Vida ao mundo.
 
     2014 será o ano em que a IELB também lançará e divulgará seu novo planejamento, o Planejamento IELB 2018, o qual terá uma nova filosofia, não mais enfatizando o que a igreja pretende colher, mas o que a igreja pretende plantar. Ou seja, a ênfase não mais estará na colheita mas na semeadura da palavra, na distribuição da Vida através dos meios da graça. Os alvos da igreja neste novo planejamento não mais apontam para resultados, mas para ações bem definidas, bem concretas, que visam despertar e mobilizar a igreja para que ela seja sempre como o Mar da Galiléia que recebe a vida que a as águas lhe trazem, usufrui dela em sua plenitude, e a comunica sempre, isto é, a compartilha sempre com o mundo sedento.
 
     O desejo da Direção Nacional da IELB é que 2014 seja um ano de muita Vida. Vida recebida de Deus e Vida compartilhada através do testemunho individual e coletivo.
 
Abençoado tempo de Advento a todos!
Feliz Natal!
Feliz 2014!
 
Pastor Geraldo W. Schüler
2º Vice-Presidente IELB

COMUNIDADE LUTERANA DE INTERLAGOS E HORA LUTERANA

Evangelismo na Fórmula 1.    


Todos os anos milhares de pessoas dirigem-se ao autódromo de Interlagos, em São Paulo, para a última corrida da temporada de Fórmula 1. Em 2013, o campeão já estava definido. Então, a Igreja Luterana da Paz, em Interlagos, com o apoio da Hora Luterana, saiu às ruas para indicar o campeão da vida: Jesus.
Foram cerca de 700 livretes distribuídos – Cinco Minutos com Jesus (edição trimestral) e Mensagens de Esperança de Natal. Tudo para mostrar que, em Jesus, a vitória é garantida.
100_8519100_8523

CONVITE

CONVITE
 
DIA 4 DE DEZEMBRO DE 2013.
ÁS 20 H
NA IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA SANTÍSSIMA TRINDADE DE PRUDENTÓPOLIS.
"QUARTETO: HERÓIS DA FÉ"
ENTRADA FRANCA.
VENHA PARTICIPAR.

domingo, 1 de dezembro de 2013

REFLEXÃO PARA DOMINGO

*NOVEMBRO – mês da Mordomia(administração) da Oferta –
ALVO do Planejamento da IELB –
Todas as congregações realizando Estudos de Mordomia da Oferta Cristã!
 
     Uma pequena reflexão para este mês de Mordomia.
     Depois de mais um estudo do PEM (Programa de Evangelização e Mordomia), realizado em nossa congregação, posso dizer: Como é bom falar de oferta na perspectiva de Deus. Como é salutar e enriquecedor quando podemos falar e viver o ofertar. Não me refiro ao nosso ato de contribuir financeiramente com uma Igreja dando o dízimo, pois isso, muitas vezes, não tem nada a ver com gratidão ou oferta.
     É maravilhoso falar da oferta que Deus nos concedeu quando seu filho Jesus Cristo, voluntariamente e por amor, se doou para perdoar nossos pecados e nos dar a vida verdadeira.  Compreender o significado de oferta é compreender e crer que “Deus amou o mundo tanto, que deu o seu único Filho, para que todo aquele que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna” (Jo 3.16).
     Compartilhar e viver esta oferta de gratidão é maravilhoso, pois percebemos que com esta oferta de Deus em nosso favor nossa vida ganha um sentido novo e eterno. Percebemos que tudo o que fazemos aqui neste mundo é um ato de louvor pelo amor e perdão recebido.
     É lamentável quando nossa relação com Deus se limita a uma negociação. É lamentável quando ensinamentos dão mais valor para aquilo que sai da nossa conta bancária ao invés daquilo que aconteceu na cruz do calvário.
     Deus jamais lhe dirá: Oferte a mim. Se alguém lhe disser que você deve ofertar porque Deus exige, duvide, pois se o ato de ofertar não brotar de um coração agradecido não será oferta, mas sim pagamento ou barganha.  Não posso lhe dizer: Oferte ao Senhor, assim como também não posso exigir que você ame alguém. Ofertar e amar não se determina e sim se vivencia. Oferta e amor são atitudes e sentimentos que brotam de um coração que foi encoberto, que foi envolvido pelo amor e pelo perdão de Jesus Cristo.
     Diante desta realidade e compreensão, não devo perguntar quanto eu tenho que contribuir ou ofertar, mas sim, onde e como posso agradecer pela vida recebida.  E assim, nos sentiremos agradecidos por perceber que Deus usará nossos dons, nossos bens e nosso tempo para atender as necessidades das pessoas que nos cercam. Desta maneira enalteceremos juntos, o doador e mantenedor da vida, Jesus. 
Carlos Kracke – Pastor da CEL “Bom Pastor” de Blumenau

sábado, 30 de novembro de 2013

O QUE ENSINAM OS LUTERANOS

TÁBUA DOS DEVERES
AOS MARIDOS EM RELAÇÃO À FAMÍLIA E ESPOSA
 
-Maridos, vós igualmente, vivei a vida comum do lar; e, tendo consideração para com a vossa mulher como parte mais frágil, tratai-a com dignidade, por isso que sois juntamente herdeiros da mesma graça de vida, para que não se interrompam vossas orações. 1 Pedro 3.7
 
-Maridos, não trateis a vossa esposa com amargura. Colossenses 3.19

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

CULTO DE AÇÃO DE GRAÇAS

 
Foi muito bonito o Culto de Ação de Graças no dia 28 de novembro, na Congregação Evangélica Luterana Santíssima Trindade de Prudentópolis. Mais de 100 pessoas participaram deste culto.
 
As meninas da Escola Bíblica cantaram o hino: "Eu tenho tanto pra agradecer"!

O Grupo de Canto também participou entoando 4 hinos.
Que Deus conceda suas ricas bênçãos a todos que são agradecidos pelas infinitas bênçãos que sem mérito ou dignidade da nossa parte, ele nos concede.
Nós temos tantas coisas para agradecer, que normalmente esquecemos. Siga a dica, abaixo, do pastor Adilson Schünke.
 
     A “dica” de hoje para o Dia de Ação de Graças tem como foco “demonstrar gratidão pelas coisas que normalmente se esquece”.
     Paulo instruiu a todos os cristãos na carta aos efésios para que "Em nome do nosso Senhor Jesus Cristo, agradeçam sempre todas as coisas a Deus, o Pai.” (Efésios 5.20).
     Alguém certa manhã ao meditar sobre esta palavra de Paulo, enquanto escovava os dentes, foi desafiado pelos seus pensamentos a agradecer a Deus por tudo! E decidiu por começar a agradecer a Deus por sua escova de dentes. - “Então eu agradeci pela pasta de dentes! Então percebi que nunca tinha agradecido a Deus pelos meus dentes". E passou a se fazer essa pergunta: "Se as bênçãos de amanhã dependessem da minha ação de graças de hoje, quanto eu iria receber amanhã?”
     À medida que vivemos mais um Dia de Ação de Graças, vamos agradecer intensamente a Deus por todas as coisas. . . as pequenas e grandes coisas!
     A dica de hoje é então, fazer uma lista de momentos passados, ou relacionamentos pelos quais nunca nos lembramos de dar graças. Então, como expressão de fé e um exercício de obediência, dizer: "Senhor, hoje resolvo te dar graças por todas estas coisas e situações e pessoas em minha vida pelas quais não lembro de dar graças!”
(Adilson Schünke – coordenador do PEM).

FRASE DA SEMANA

"SOMENTE AS PAIXÕES, AS GRANDES PAIXÕES, PODEM ELEVAR A ALMA AOS GRANDES FEITOS".
************************
 
...mas sede fervorosos no espírito, servindo ao Senhor".
Romanos 12.11

CONVITE

CONVITE
 
DIA 4 DE DEZEMBRO DE 2013.
ÁS 20 H
NA IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA SANTÍSSIMA TRINDADE DE PRUDENTÓPOLIS.
"QUARTETO: HERÓIS DA FÉ"
ENTRADA FRANCA.
VENHA PARTICIPAR.

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

MÚSICA PARA MEDITAÇÃO

"...é face a face que vamos ver. Quem nos amou e por nós quis morrer".

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

IMAGEM DA SEMANA

Não basta ser pai, tem que participar!

CONVITE

CONVITE
 
DIA 4 DE DEZEMBRO DE 2013.
ÁS 20 H
NA IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA SANTÍSSIMA TRINDADE DE PRUDENTÓPOLIS.
"QUARTETO: HERÓIS DA FÉ"
ENTRADA FRANCA.
VENHA PARTICIPAR.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

REFLEXÃO

Meu marido teve um caso extraconjugal e confessou o seu erro.

      O fato de seu marido ter confessado o erro dele conta pontos. Se você puder creditar esses pontos a favor dele, ser-lhe-á mais fácil dar-lhe uma nova chance. O caminho do casamento é calçado com muitas pedras que nos fazem tropeçar, mas que não nos derrubam, se o amor amparar. A infidelidade do seu marido, sem duvida, é uma pedra grande, que o seu amor para com os filhos poderá superar com o tempo. Experimente. Você diz que perdeu o amor. Será mesmo? Descubra se o que você perdeu foi, realmente o amor, ou se foi à confiança em seu marido.
     Seja o que for, você terá que reaver esse sentimento perdido – amor e/ou confiança – se você pensa em restabelecer a união. Não é mais lógico você reconstituir esses sentimentos com o seu marido, especialmente porque é com ele que você tem os seus filhos, que também precisam dele?
      Os não-cristãos resolvem essa situação com aparente facilidade: acabou o amor, separa, e fim de conversa. Mas nós cristãos nos diferenciamos exatamente nestas coisas: no procedimento, na forma de viver e de agir, e, especialmente, em perdoar quando alguém erra, em dar nova chance, em conversar e preservar os valores sagrados e a vontade de Deus. (HL)

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

PROJETO

A Escola Bíblica da Congregação Santíssima Trindade de Prudentópolis revitalizou o jardim do Projeto LÁ TINHA LATA...AQUI TEM FLOR! neste sábado, 23 de novembro.
No ano de 2013 foram coletados e vendidos 110 Kg de latinhas de alumínio e o lucro foi aplicado na compra de 270 mudas de flores para embelezar o pátio do templo.
Parabéns, crianças, por este importante trabalho de preservação da natureza que vocês desenvolvem!
 



CONVITE

CONVITE
 
DIA 4 DE DEZEMBRO DE 2013.
ÁS 20 H
NA IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA SANTÍSSIMA TRINDADE DE PRUDENTÓPOLIS.
"QUARTETO: HERÓIS DA FÉ"
ENTRADA FRANCA.
VENHA PARTICIPAR.

domingo, 24 de novembro de 2013

MENSAGEM PARA DOMINGO

A fonte da vida

Deus ama a vida. Ele é a fonte da vida, desde o início da criação, até agora. Ele enviou o seu Filho para salvar e transformar a humanidade, para que ela não fosse condenada por seus erros. Cristo morreu voluntariamente numa cruz, mas ressuscitou no terceiro dia. Agora você pode viver com esperança. Deus permanece fiel a você, ainda que você o abandone. Deus ama a vida, e por isso quer equipar você para cuidar de você mesmo e do próximo. Jesus Cristo morreu para dar a você uma vida abundante. Ele está com você. Ele quer você vivendo com alegria. Confie a sua vida aos cuidados de Deus e você verá a diferença.
Oração:
Senhor Deus, peço-te que me ajudes com os meus afazeres nesta semana, seja em casa, no trabalho ou na escola. Ajuda-me a mostrar às pessoas que só tu podes nos dar a verdadeira salvação, através de Jesus Cristo. Dá-me a tua proteção contra todos os males que o mundo coloca diante de mim. Quero confiar cada vez mais em ti. Amém. (HL)

sábado, 23 de novembro de 2013

O QUE ENSINAM OS LUTERANOS

TÁBUA DOS DEVERES
AOS CIDADÃOS, EM RELAÇÃO AO GOVERNO
 
-Dai a César o que é de César, e a Deus o que é de Deus. Mateus 22.21
-É necessário que lhe sejais sujeitos, não somente por causa do temor da punição, mas também por dever de consciência. Por esse motivo também pagais tributo: porque são  ministros de Deus, atendendo constantemente a este serviço. Pagai a todos o que lhes é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a quem respeito, respeito; a quem honra, honra. Romanos 13.5-7
 
-Antes de tudo exorto que se use a prática de súplicas, orações, intercessões, ações de graça, em favor de todos os homens, em favor dos reis e de todos que se acham investidos de autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda a piedade e respeito. Isto é bom e aceitável diante de Deus nosso Salvador. 1 Timóteo 2.1-3
 
-Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; que sejam obedientes. Tito 3.1
 
-Sujeitai-vos a todo instituição humana por causa do Senhor; quer seja ao rei, como soberano; quer às autoridades como enviadas por ele, tanto para castigo dos malfeitores, como para louvor dos que praticam o bem. 1 Pedro2.13-14

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

FRASE DA SEMANA

"A VIDA É COMO UMA MOEDA. VOCÊ PODE GASTÁ-LA DA MANEIRA QUE DESEJAR, MAS SÓ PODE GASTÁ-LA UMA VEZ".
*******************
 
"O maior dentre vós será vosso servo... e quem a si mesmo se humilhar será exaltado".
Mateus 23.11,12

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

VÍDEO DA SEMANA

 
 
GRUPO DE CANTO DA IGREJA EVANGÉLICA LUTERANA DE PRUDENTÓPOLIS.
Apresentação no Culto do Centenário da Congregação São Paulo de Bom Jardim do Sul. Entoando o Hino: Cante ao Senhor!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

IMAGEM DA SEMANA

Salto Visconde do Rio Branco, Rio dos Patos, Prudentópolis-PR. 64 m de queda, a 14 km da cidade de Prudentópolis. (foto de João Eurich)

terça-feira, 19 de novembro de 2013

REFLEXÃO

Os familiares de uma vítima de um crime são obrigados a perdoar ao assassino?

     Esta questão deve ser julgada à luz do episódio de José e seus irmãos ( Gênesis 50.15-21 ). Embora não se tivesse passado da intenção de cometer um crime, esse caso aponta para o perdão como o melhor caminho a ser seguido pelos filhos de Deus, mesmo quando vítimas de um crime. Como José, não devemos querer nos colocar no lugar de Deus e julgar a quem se deve e a quem não se deve negar o perdão que Deus oferece graciosamente a quem se arrepende com sinceridade. Se é difícil perdoar, mais difícil ainda é viver sem perdoar.
     O exemplo de Jesus – vítima pessoal de “latrocínio”, pois teve roubadas as suas vestes ao ser morto na cruz – orando por perdão para seus inimigos, nos deve animar a exercer o perdão em circunstancias idênticas. É claro que perdoar, aqui, não significa que o criminoso fique livre de julgamento e punição em um tribunal humano. Ele deve ser julgado e punido de acordo com a lei civil vigente, como lemos em Levíticos 34.9-15. Perdoar, aqui, tem mais haver com a própria alma, com a paz interior das pessoas atingidas.
     Como o cristão poderá comparecer diante de Deus para pedir perdão de seus pecados, se ele próprio não perdoa os dos outros? Jesus disse: “E quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas.” ( Marcos 11.25 ).
     Sendo assim, antes de ver este perdão como algo que se é “obrigado” a dar, queremos vê-lo como condição inerente e própria de ser cristão. Porque se é cristão, perdoa-se incondicionalmente. É isso que diferencia o cristão do não-cristo. O cristão que não perdoa, anda de muletas no caminho da santificação e a jato no caminho do pecado, excluindo-se da graça de Deus. (HL)

segunda-feira, 18 de novembro de 2013

ELEIÇÕES

A Congregação Evangélica Luterana Paixão de Barra Mansa, Guamiranga,PR, filial da Paróquia Santíssima Trindade de Prudentópolis, tem nova diretoria, que foi eleita em Assembleia Regular domingo dia 17 de novembro de 2013.
 
Presidente - Éder Guilherme Müller
Vice-Presidente - Alberto Müller
Secretária - Andreia Simone Nogueira Müller
Vice-Secretária - Edizelma Antoneli Müller
Tesoureiro- Oziel Schram
Vice-Tesoureiro- Márcio Müller
Revisores de Caixa: Marilda Schram
                             Rozel Müller
 
Que o bondoso Deus vos ilumine com seu Espírito Santo para desempenharem seus cargos com fidelidade e competência.
Aos que deixam os cargos os agradecimentos pelos serviços prestados.

************************

NOVOS MEMMBROS EM PRUDENTÓPOLIS
Recebemos por transferência a senhora HILDEGARD DOBELSTEIN, procedente da Congregação Evangélica Luterana São Paulo de Vila Pratos, Novo Machado-RS.
Recebemos  por transferência o senhor VALDERINO DOBELSTEIN, procedente da IECLB de Vila Pratos, Novo Machado-RS.
Sejam bem-vindos.